Com toda a certeza, em algum momento de sua trajetória no empreendedorismo já sentiu algum tipo de esgotamento físico como, por exemplo, aquela dor de cabeça comum ao fim do dia ou até mesmo uma falta de apetite ou insônia. Normal, afinal, em grande parte do dia e até durante algumas horas noturnas estamos produzindo e atentos ao mercado, estudos e desempenhando outras atividades ligadas ao nosso negócio.

Pois é, a questão preocupante e que trago para refletirmos hoje é que, este cansaço rotineiro pode não ser tão ‘normal’ e precisamos estar ligados também aos sinais pessoais, sensações físicas e mentais.

O que chamamos erroneamente de cansaço pode ser Burnout, nome dado ao esgotamento motivado pelo trabalho excessivo! Por mais que, nós empresários e empreendedores façamos o que amamos, a quantidade de tempo imersos, a pressão social pelo sucesso, a velocidade de pensamentos e a autocrítica podem nos levar à fadiga mental.

Uma pesquisa feita pela Universidade de Harvard no ano passado com 326 empreendedores americanos (96% deles em empresas com menos de 250 colaboradores) mostrou que, 25% apresentaram, pelo menos, o inicio da síndrome de Burnout.  Sintomas físicos e psicológicos podem servir como alerta, são eles: dores de cabeça e nas costas, problemas estomacais e intestinais, falta de apetite e sono e, além disso, irritação e a perda de memórias recentes.

O primeiro passo, quando sentimos que algo não vai bem é manter a calma e buscar auxílio especializado. O Burnout pode ser diagnosticado por psicólogos, psiquiatras e médicos do trabalho e, o tratamento indicado costuma ser especifico para cada caso, mas, em sua maioria, é guiado por seções de terapias, meditação, atividades prazerosas e, principalmente, necessita do nosso envolvimento direto para algumas mudanças na rotina.

Uma atitude que pode nos ajudar e muito nesta mudança, na etapa de tratamento e até na prevenção do Burnout é, permitirmo-nos dividir as responsabilidades e funções corporativas com pessoas de confiança e que desempenharão e trabalharão para o sucesso coletivo! Desta forma, estaremos fazendo o bem à nossa saúde e à saúde do nosso negócio.

Antes de finalizar, você já baixou meu E-book “15 passos para uma empresa de sucesso”?

Caso não tenha baixado, saiba que é GRÁTIS: CLIQUE AQUI!

Grande abraço

Diego Bello

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Menu